Scroll Top
Nota de Intenções

Tema
“Sopa Fria” é um filme de animação que nos leva para o tema da violência doméstica, através do uso de uma primeira pessoa ficcional. Inspirado num casal verdadeiro, a história foi primeiramente adaptada à banda desenhada por Joana Estrela.

Técnicas e função narrativa
Embora a narração estabeleça pontualmente ligações com as ações, na esmagadora maioria das vezes estas (ações) são complementares da narração e não a sua representação literal. Assim sendo, paralelamente à
narração o filme tem mais dois níveis de leitura. Um que é comunicado através do desenho, associado às ações
centradas no dia-a-dia da protagonista ou à forma como ela interpreta o que lhe acontece.

O outro nível será constituído por “found footage”, fotografias ou outras imagens, que tanto podem ser um cenário ou espaço físico onde a narrativa tem lugar, como funcionar como metáforas, símbolos ou outras figuras de estilo visuais e narrativas.

Os mundos interiores
Há um certo receio das vítimas em verbalizar ou reagir. Porque quando o fazem podem ser novamente agredidas, ou por medo de ver os seus sentimentos ou a sua situação tratados com indiferença. No filme iremos aceder aos sentimentos da protagonista não só através de gestos ou reações, mas também fazendo-a habitar em mundos visuais (grafismos, fotografias ou found footage) e sonoros que sejam capaz de exprimir, por exemplo, raiva, tristeza, medo ou insegurança.

O espaço físico e a protagonista
Pensei na Casa como uma personagem, e não apenas um décor ou elemento de localização espacial, que age e se transforma conforme as situações. Se a intenção é mostrar que a protagonista está em perigo a casa é um lugar hostil; se é mostrar que há opressão a Casa reage, fechando-se sobre a mulher, isolando-a ou limitando-lhe os movimentos. Para além de ser uma extensão (da natureza violenta) do marido, a Casa “age com naturalidade” na presença dos outros. Voltando ao normal ou mantendo-se normal quando o casal está acompanhado (com os filhos, por exemplo), de forma a dar a entender que “quem está dentro do convento é que sabe o que vai lá dentro”.

Metáfora líquida
A Água é o outro elemento (para além da Casa) que serve os propósitos do agressor. No início do filme surge associada ao casamento e aos ciclos de violência. É um elemento opressivo, que dificulta a vida à protagonista e a coloca em situações de stress. E do qual ela procura livrar-se, escondendo-se e submetendo-se a um processo de deformação.

Música
A sonoridade do filme deverá ter um carácter experimental e abstrato, onde a voz será usada em alguns momentos como instrumento principal, que se sobrepõe a todos os outros.

A ideia é criar uma continuidade entre o discurso narrado e a banda sonora, através do uso do mesmo objecto musical, com funções distintas e em momentos diferentes. Por um lado, é o instrumento portador de um discurso ou de uma história: a voz que narra os eventos. E ao cumprir esta função deve ser naturalista e evitar os excessos ou dramatismos. Por outro lado, é o instrumento em torno da qual se constrói uma composição musical, capaz de evocar sentimentos ou conceber ambientes que estejam associados à narrativa ou que não existindo nela a possam completar.

É na cena em que a protagonista encontra refúgio num espaço informe e negro, que o recurso à voz como instrumento estará mais presente. As várias vozes abstractas combinam-se na criação de uma irmandade sonora, remanescente dos cantares tradicionais portugueses que se usavam em rituais, festas ou no trabalho.

Como exemplos deste tipo de composição musical remeto para o trabalho da norte americana Meredith Monk, e para as experiências do colectivo Hysteria, intituladas “Speech Organ” que podem ouvir aqui.

SOPA FRIA
Uma mulher, vítima de violência doméstica, relembra o tempo em que foi casada e o quão difícil foi manter-se à tona.
Realização
MARTA MONTEIRO, 2022, Animação 2D Animação de Objetos e Materiais Aux. por Computador Curta-metragem Cor 9′ 51″, Portugal, França
Idioma Original: Português, Francês
Legendas: Inglês
Som: 5:1
Suporte de Exibição: 2K, 4K, DCP
Créditos
Argumento
MARTA MONTEIRO inspirado na BD “Sopa” de Joana Estrela
Produção
VANESSA VENTURA NUNO AMORIM Claire Beffa, Sidonie Garnier
Co-Produção
Claire Beffa, Sidonie Garnier
Realização
Produção Executiva
Direção de Animação
Animação
DANIELA DUARTE João Silva, Natália Azevedo, Manar Guiller
Co-Produção
Claire Beffa, Sidonie Gamier
Intervalos
PATRÍCIA FIGUEIREDO MATILDE CAMACHO DANIELA DUARTE Natália Andrade, João Silva
Criação GráficaStoryboardAnimaticCenários
Composição Digital
Música
Nico Tricot
Sonoplastia
Geoffroy Cantou-Carrassoumet
Voz
Filomena Gonçales (Português), Anna Lepley (Francês)
Contabilidade
ACR - Contabilidade e Consultadoria
Prémios
2024
MONSTRA | Festival de Animação de Lisboa
Prémio do Público – Competição Vasco Granja
Prémio Especial do Júri – Competição Vasco Granja
Melhor Curta Portuguesa – Competição Curtas-Metragens
OJOLOCO, Latinoamerican Film Festival in Grenoble
Prémio do Público
PORTO FEMME International Film Festival
Competição Nacional – Melhor Animação
Brussels Short Film Festival
Prémio do Público
Prémios Quirino de Animação Ibero-Americana [Nomeado]
Melhor Desenho de Animação de Obra de Animação Ibero-americana
2023
Animasyros International Animation Festival
Menção Especial #ThisIsEU
Casa da Animação | Prémio Nacional da Animação
Categoria Profissionais – Menção Honrosa
CINANIMA – Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho
Competição Nacional – Menção Honrosa
Festivais
2024
ANIMA – Brussels International Animation Film Festival
International Animation Short Film Festival of Roanne
OJOLOCO, Latinoamerican Film Festival in Grenoble
MONSTRA | Festival de Animação de Lisboa
Festival International de Films de Femmes de Créteil
Internationale Kurzfilmwoche Regensburg
Tricky Women – International Animation Festival
Prémios Quirino de Animação Ibero-Americana [Nomeado]
Festival Internacional de Cine de Guadalajara
PORTO FEMME International Film Festival
Internationales Trickfilm Festival of Animated Film Stuttgart
Brussels Short Film Festival
In The Palace International Short Film Festival
Shortcutz Ovar
2023
Animafest – World Festival of Animated Films Zagreb
Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema
Countryside Animafest Cyprus
Bucheon International Animation Festival
Animasyros International Animation Festival
Casa da Animação | Prémio Nacional da Animação
SPARK Animation Festival
Caminhos do Cinema Português
CINANIMA – Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho
Afrodite Shorts
Festival International du Cinéma Méditerranéen de Montpellier [ Carte blanche programme courts ARTE ]
BALKANIMA – European Animated Film Festival
Anilogue – International Animation Film Festival