Nota de Intenções

Rosa Casaco

This story is about Rosa Casaco, and Pink Jacket is a straight translation of his name.
Rosa Casaco was an inspector of the Political Police during the Portuguese Dictatorship.
He was responsible for the murder of the main opposer of Salazar, the leader of the state ate that time.
He fled from Portugal after the revolution and, in spite of being convicted for this crime, he was never arrested.
In Portugal, we have the habit to deny the past.
But I believe that we need to point out, through art, crimes like the ones that Rosa Casaco committed, to learn and evolve.

Moodboards and Characters

The setting of the film is a family house. It was chosen, because of its important role during the dictatorship. A place of intimacy where, in a hidden way, hideous things can happen.

Besides the Pink Jacket, there will be other characters played by shirts, dresses, uniforms and everyday objects like an iron or a needle.
The Pink Jacket will be a model of the 1970s. It is the only article of clothing with a pink pastel shade.

Music and Technique

The melody plays an essential role in the film, marking the rhythm and introducing irony with the lyrics. On one side we have a childish melody sung by children, while on the other we have the images that present a second level of meaning.
The music will be happy and rhythmic, like in nursery rhymes, evolving into a denser and more obscure tone.
The stop-motion animation will be constructed to be in sync with the rhythm of the musical composition.
The animation is made with clothes and objects, giving a surreal tone to the film.

O CASACO ROSA
O CASACO ROSA
Um filme musical político sobre Rosa Casaco, inspector da polícia, durante o regime fascista português. No conforto doméstico, o Casaco Rosa conspira e tortura, com recurso à linha e costura, contra os opositores do sistema.
Realização
MÓNICA SANTOS, Curta-metragem Animação Pixilação Cor 8′ 54″, Portugal, França
Créditos
ArgumentoRealização
Direção de Fotografia
Manuel Pinto Barros, Pedro Negrão
Direção de Animação
Rita Sampaio
Compositor
Pedro Marques
Direção de Arte
Festivais
2022
Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema

Argumento e Realização
Mónica Santos
Direcção de fotografia
Manuel Pinto Barros
Pedro Negrão
Direcção de animação
Rita Sampaio
Compositor
Pedro Marques
Letrista
Pedro Da Silva Martins
Direcção de arte
Mónica Santos
Actor
Gilberto Oliveira
Animação
Joana Nogueira
Mónica Santos
Patrícia Rodrigues
Rita Sampaio
Estruturas de marionetas
Anna Deschamps
David Roussel
David Thomasse
Direcção de construção e adereços
Joana Nogueira
Patrícia Rodrigues
Construção cenários e adereços
Daniel Fonseca
Joana Nogueira
Matilde Camacho
Milton Pacheco
Nurian Brandão
Patrícia Rodrigues
Adereços adicionais
Atelier02
Maria Nanim
Figurinos
Mónica Santos
Costureiras
Alexandra Barbosa
Fictional Tailors / Lurdes Sobrado
Olívia Santos
Animatic
Jorge Carvalho
Composição
Jorge Carvalho
Milton Pacheco
Sebastian Chala
Thierry Bouillet
Timothée Coquer
Correcção de cor
Léo Mondon
Manuel Pinto Barros
Sound design
Kévin Feildel
Bruitage
Bertrand Boudaud
Mistura de som
Damien Tronchot
Direcção coro
Raquel Couto
Coro Lira
Alice Martins
Amélia Leal
Beatriz Pinto
Benedita Carneiro
Carlota Lameiras
Carolina Barros
Gabriela Dias
Gabriel Ferreira
Laura Amaral
Leonor Parente
Luísa Martins
Margarida Amaral
Margarida Moreira
Maria Alice Sousa
Maria do Pilar de Mendonça
Maria Isabel da Silva
Maria Sampaio
Sara Almeida
Sarah Sampaio
Músicos
Carlos Soares
Luana Santos
Música
“E Depois do Adeus” – Paulo de Carvalho
Autoria
José Niza e José Calvário
℗ 1974 Universal Music Portugal, S.A.
Som de Arquivo
Tradisom Produções Culturais
“Discurso Proferido pelo General Humberto Delgado no Comício Realizado no Dia 22 de Maio de 1958 na Cidade de Chaves”
℗ 1998 Tradisom Produções Culturais
Produção
[Animais AVPL]
Vanessa Ventura
Nuno Amorim
Produção executiva
Davide Freitas
Co-produção
[Um Segundo Filmes]
Pedro Medeiros
Humberto Rocha
Co-produção
[Vivement Lundi !]
Fabrice Dugast
Jean-François Le Corre
Chefe de produção
Caroline Lafarge
Direcção de produção
Fabrice Dugast
Administração de produção
Valérie Amour Malavieille
Assistentes
Melissa Derennes
Nathan Santarossa
Em co-produção com
Arte France
Unité de Programmes Cinéma
Hélène Vayssiéres [Responsável Curta Metragens]
Sylvie Smets
Chafiâa Benaziza
Pascal Richard
Romain Froidefond
Com o apoio de
Centre National du Cinéma et de L’Image Animée
La région Bretagne em parceria com o CNC
PROCIREP – Sociedade de Produtores
ANGOA
Estúdios Imagem
Animais AVPL
Um Segundo Filmes
Compositing
Personne n’est parfait !
Bruitage | Mix
AGM Factory
Laboratório
AGM Factory
Equipamento
Filmesdamente
Filmes da Praça
Um Segundo Filmes
Apoio à produção
A Casa do Livro – Norprint
Casa da Animação – Associação Cultural
Casa de Figurinos
Cristina Rebelo
Desocupado Porto
Duarte Ferreira
Fernando Carvalho
Filmes da Praça
Marcelo Lafontana
Patrícia Figueiredo
Play Audiovisuais
Qualia Prod
Sítio do Cano Amarelo
Agradecimentos
Ana Carina Estróia
António e Olívia Santos
Carlos Fonseca
Cláudia Ribeiro
Daniela Duarte
Fernando Carvalho
Irene Flunser Pimentel
Joana Amorim
Joana Araújo
José Moças
Mathieu Courtois
Miguel Campos
Nuno Rodrigues
Ophélie Broudin
Pedro Lucas
Regina Guimarães
Regina Machado
Rita Pires
Vítor Estudante
Vítor Santos

07.2022 – Curtas Vila do Conde Festival Internacional de Cinema